NOTÍCIAS DO FRONT

O que eu aprendi com Ricardo Amorim da Globonews (FastFront)

Em: Notícias | | 2 comentários |


Companheiras(os) que carregam o pó da viagem,

Enquanto a arroba não se decide, a safra de capim não titubeia rumo ao seu ápice (embora ainda exista gente sem pasto). Aos poucos, o boi gordo de pasto vai aparecendo, inclusive o EU (que estava mais sumido que cunhado depois de acertar a loto). Mas, sem volume para “fazer verão”. A verdade é que o pasto ainda permite a oferta compassada, e o pecuarista está confortável. O boi não derrete, mas também não “alui”.

E o mercado fica “meio friozão”… Tudo está quieto na maior parte do Brasil (vide painel de controle), apenas MT, SC e RO tiveram sinais mais consistentes de leve aumento, enquanto BA, TO e PA, “tocaram no sentido contrário” (leve piora na arroba).

A reclamação sobre o atacado é unânime (até o início de mês foi ignorado) e a baliza dos preços de balcão está bem padronizada. Afora estes dois pontos, a heterogeneidade impera: cada indústria segue tentando “salvar sua pele”, surgindo diferenças gritantes de escala, de animal demandado, de interesse na compra, etc. Escutei “preciso de vacas para escalar” de uma empresa e cerca de 5 minutos depois, escutei de outra: “não quero vaca de jeito nenhum”!

Dois assuntos nos rondam: uma possível melhora de oferta no final de maio/junho, já discutida aqui (vimos nesta semana em SP, uma leve pressão com aumento de oferta pontual). E, por fim, a concorrência pesadíssima do frango/suíno em função dos canhões das agroexportadoras terem sido virados para o mercado interno. Parece que a coisa é bem menos ruim do que pareceu ser na segunda de manhã (Operação Trapaça). Porém, alguém vai ter que comer estes frangos que não serão exportados. Teremos 60 a 90 dias para esta “empreita”. A concorrência tende a piorar até lá!

Dissemos que o mercado físico da arroba tinha feito “um piso”. Vamos testar o seu “contrapiso” neste final de safra. Parece que o contrapiso tinha bastante malha de ferro!

Tive duas oportunidades dentro do mês de fevereiro de palestrar/conversar com este sujeito espetacular e humilde: Ricardo Amorim! No Front tradicional tem um resumo do que aprendi com ele (agradeço ao amigo Zeca Jacintho pela ajuda na tarefa).



Comentários

  1. Celio disse:

    gostei muito do comentário e considerações. obrigado

Comente








CONTRATE UMA PALESTRA

Nós temos um grande portfólio de palestras sobre mercado pecuário

© 2016 NF2R - Todos os Direitos Reservados - Desenvolvido por Gest Agromarketing